quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O Enfermeiro Mineiro

Zé Minerin, enfermeiro de uma Clínica em Juiz Fora, foi convidado pelo médico para tomar conta do consultório por 3 horas enquanto ele estaria ausente.
- Zé , vou sair e volto logo e não quero fechar a clínica. Acha que consegue cuidar dela e de todos os pacientes?
- Ocê podi deixá cumigo que dô conta do recado! - respondeu o Zé Minerin.
O médico saiu e voltou 3 horas depois .
- Então, Zé , tudo tranquilo ?
- Uai. só....Atendi treis pacienti. O primero tava cuma dor di cabeça danada i, então, eu receitei o tar de paracetamol.
- Bravo, meu rapaz. E o segundo? - perguntou o médico.
- O segundo tava cum indigestão du estomagu e eu dei Guronsan - informou o Zé Minerin
- Bravo, bravo! Você é bom nisso… E o terceiro? - perguntou o médico.
- Oiá ... doutô esse causo mi deu mais trabaio.... Tava sentadim aqui i, di repenti, abriu a porta i entrô uma muié muito bunita. Ela era desinibida, arrancÔ a ropa, tirô tudo, inté a carcinha e ficô cos peito pra fora.... Ajeitô sobre a maca, abriu as pernas e gritô: - AJUDE-ME, pelo amor de Deus! Faz cinco anos que eu não vejo homem!
- Nossa Senhora, Zé o que vc. fez ? - perguntou o médico…
- Uai... dotô, prá resorver o probrema, carquei colírio no zóio da muié...

Nenhum comentário:

Postar um comentário