sábado, 27 de março de 2010

Advogado fiel

Um velho e solitário comerciante estava morrendo e queria levar todo o seu dinheiro para o túmulo. Desconfiado, chamou o seu médico, o padre da sua paróquia e seu advogado, dizendo-lhes que iria dar-lhes todo seu dinheiro, R$ 100.000,00 para cada um, dentro de um envelope, na confiança de que no dia do seu sepultamento, os três colocassem o envelope dentro do caixão. 
Assim foi feito e no dia do enterro os três colocaram os envelopes junto do morto. Já indo embora, o padre começou a chorar e confessou: 
- Amigos, tenho até vergonha de dizer, mas eu não coloquei os cem mil no caixão. Eu tirei vinte mil para reformar a Igreja.
O médico então falou: 
- Bem, já que o padre está confessando, eu também digo que tirei R$ 50.000,00 do envelope para comprar novas máquinas para o hospital e salvar vidas.
O advogado olhou para os dois e disse: 
- Que vergonha, vocês traíram nosso melhor amigo... Eu sim, cumpri fielmente o desejo dele. Naquele envelope tem um cheque meu de R$ 100.000,00!

Nenhum comentário:

Postar um comentário