sábado, 2 de janeiro de 2010

Proibido animais

A velhinha insistia em entrar no ônibus com seu cachorro no colo, mas o cobrador mostrava-se implacável:
- Sinto muito, senhora, com esse cachorro não pode subir.
- Ora, que falta de gentileza! - retruca a velhinha. - Sabe o que o senhor devia fazer com a droga desse ônibus?
- Sei - responde o cobrador. - E se a senhora fizer o mesmo com o seu cachorro pode até entrar no ônibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário