quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Conversa de flor

Um dia, a rosa encontrou a couve-flor e disse:
- Que petulância, se chamar de flor! Veja sua pele áspera e a minha, lisa e sedosa. Veja seu cheiro desagradável e meu perfume, sensual e envolvente. Veja seu corpo grosseiro e o meu, delgado e elegante. Eu, sim, sou uma flor!
E a couve-flor respondeu:
- É...mas ninguém te come...

Nenhum comentário:

Postar um comentário